Monovin A Bravet (Vitamina A) - 20 ml

Opinião dos Consumidores:50Quero Avaliar|
Cód. Ref.:
1367
Acumule:

De: R$ 21,45Por: R$ 16,40

Preço a vista: R$ 16,40

Economia de R$ 5,05

Boleto à Vista 3 %

Monovin A concentrado de Vitamina A mais famoso do Brasil. Conheça o produto e surpreenda-se!
Comprar

    Características

    Bula

    Monovin A

    Monovin A é um super concentrado de Vitamina A mais famoso do mercado. Seu animal forte, sem doenças, e aumento de produtividade na certa!

    Conheça o produto Monovin A!

     

    Informações:

    Graças ao produto Monovin A, seu animal fica livre de todas as doenças que a falta da vitamina pode acarretar, como:

    - Afecções oculares: conjuntivites, querato-conjuntivites, xeroftalmia e cegueira noturna (hemeralopia), em caninos, felinos e bovinos.
    - Diarreias, andar vacilante e incoordenado, levando a paralisia das patas, traseiras; posição anormal da cabeça, observando-se nas carências mais acentuadas a cegueira noturna (hemeralopia), em suínos;
    - Transtornos nervosos com incoordenação muscular, passo vacilante e ataques convulsivos em bovinos, eqüinos e ovinos;
    - Esterilidade, abortos ou partos com fetos mortos em suínos e bovinos.
    Sintomas gerais: como afecções cutâneas e pêlo sem brilho.

    Dosagem:

    Aplicar Monovin A até o desaparecimento dos sintomas ou a critério do Médico Veterinário.
    Em animais de grande porte (bovinos, eqüinos e muares) -Usar 10 mL (meio frasco) de Monovin A por dia, durante 3 a 6 dias consecutivos – via intramuscular profunda.
    Em animais de médio porte (potros, bezerros, porcos e carneiros) - 4 a 6 mL diariamente de Monovin A, durante 3 a 6 dias consecutivos.
    Em animais de pequeno porte (cães, gatos, leitões, etc.) - 1 a 2 mL diariamente de Monovin A, durante 3 a 6 dias consecutivos via intramuscular profunda.

    Administração:
    Monovin A em Injeções intramusculares profundas.

    Desinfetar o local da aplicação do Monovin A.
    Usar seringas e agulhas descartáveis ou esterilizadas.

     

    Apresentação:
    Monovin A
    em Frasco-ampola de 20 mL.

    Classe Terapêutica:
    VITAMINAS (FORMULAÇÕES PURAS E COMPLEXOS)

     

    Princípio(s) Ativo(s):
    VITAMINA A

     

    Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:
    0240 em 24/10/72

     

    Responsável Técnico:
    Drª Patricia Pedroso Porto - CRMV: nº 3273

    SobrePrincipais fontes na natureza
    A vitamina A, lipossolúvel, ocorre sob duas formas principais na natureza ? o retinol, o qual se encontra apenas em fontes animais e certos carotenóides (provitaminas), as quais se encontram apenas em fontes vegetais. Os carotenóides são os compostos que dão a vários frutos e vegetais a sua cor amarela ou laranja. O carotenóide mais abundante e mais conhecido é o beta-caroteno. O beta-caroteno é um precursor da vitamina A ou ?provitamina A?, porque a sua atividade ocorre apenas após a sua conversão para retinol no interior do corpo. Uma molécula de beta-caroteno pode ser clivada por uma enzima intestinal específica em duas moléculas de vitamina A.

    Os alimentos ricos em beta-caroteno incluem as cenouras, os vegetais de folhas verde escuro e amarelas (p.e. espinafres e bróculos), abóboras, alperces e melões. A vitamina A pré-formada ou retinol, pode ser encontrada no fígado, gema de ovo e nos lacticínios.

    Estabilidade
    É sensível à oxidação pelo ar. A perda de atividade é acelerada pelo calor e pela exposição à luz. A oxidação das gorduras e dos óleos (p.ex. manteiga, margarina, óleos de cozinha) pode destruir as vitaminas lipossolúveis, incluindo a vitamina A. A presença de anti-oxidantes, tais como a vitamina E contribui para a proteção da vitamina A.

    O beta-caroteno é uma das vitaminas mais estáveis em vegetais. Têm sido documentadas perdas pela cozedura de 25%, mas apenas após fervura por um período comparativamente longo.

    Principais Interações
    O estado pode ser influenciado por vários fatores, incluindo os seguintes:

    Doenças e infecções, especialmente o sarampo, comprometem o estado da vitamina A e, reciprocamente, um estado de pobreza em vitamina A diminui a resistência às doenças.
    A ingestão crônica e em excesso de álcool pode comprometer o armazenamento no fígado.
    Uma deficiência aguda de proteínas interfere com o metabolismo da vitamina A e, ao mesmo tempo, baixas quantidades de gordura na dieta interferem com a absorção tanto de vitamina A como de caratenóides.
    As alterações no metabolismo do ferro ocorrem associadas à deficiência em vitamina A, resultando, por vezes, em anemia.
    A vitamina E protege a vitamina A da oxidação; deste modo um estado adequado de vitamina E protege o estado da vitamina A.

    Deficiência
    Um dos sintomas iniciais de deficiência em vitamina A é a cegueira noturna, ou uma capacidade diminuída para ver na penumbra. A deficiência grave produz cegueira parcial ou total, uma doença chamada xeroftalmia. O surgimento de lesões na pele (hiperqueratose folicular) tem também sido utilizado como um indicador inicial de um estado inadequado.

    Crescimento
    A vitamina A tem um papel importante no crescimento normal e no desenvolvimento, bem distinto do seu papel na manutenção da visão. Um dos primeiros sinais de deficiência nos animais é a perda de apetite, acompanhado por um retardarmento do crescimento.

    Suplementos

    A vitamina A está disponível em cápsulas de gelatina mole, comprimidos mastigáveis ou efervescentes ou em ampolas. Está também incluída na maioria dos multivitamínicos.

    História

    Embora se saiba, desde os tempos do antigo Egito que certos alimentos curavam a cegueira noturna, a vitamina A em si mesma só foi identificada em 1913. A sua estrutura química foi definida por Paul Karrer em 1931. O professor Karrer recebeu um Prémio Nobel pelo seu trabalho, dado que esta foi a primeira vez que era determinada a estrutura de uma vitamina.
    1831     Wackenroder isola o corante amarelo-laranja das cenouras e dá-lhe o nome de ?caroteno?.
    1876     Snell consegue demonstrar que a cegueira noturna e a xeroftalmia podem ser curadas dando ao paciente óleo de fígado de bacalhau.
    1880     W. N. Lunin descobre que para além de necessitar de hidratos de carbono, gorduras e proteínas, os animais sob experiência apenas podem sobreviver se lhes forem dadas pequenas de quantidades de leite em pó.
    1887     Arnaud descreve a presença generalizada de carotenos nas plantas.
    1909     W. Stepp consegue extrair a substância lipossolúvel vital a partir do leite.
    1915     McCollum diferencia entre ?lipossolúvel A? e ?hidrossolúvel B?.
    1929     A atividade do beta-caroteno como vitamina A é demonstrada em experiências com animais.
    1931     Paul Karrer isola retinol praticamente puro do óleo de fígado de uma espécie de sarda. Paul Karrer e R. Kuhn isolam carotenos ativos.
    1946     Isler inicia a primeira síntese industrial em larga escala da vitamina A.
    1984     Alfred Sommer demonstra na Indonésia que a deficiência em vitamina A é a maior causa de mortalidade infantil.
    FAQ

    Monovin A - FAQ

    Veja as principais perguntas que os clientes fazem antes de adquirir o Monovin A:

     

    1 - Quem é a Bravet?
    O laboratório Bravet, fabricante do produto Monovin A, se coloca a serviço do mercado veterinário em busca do pleno sucesso e credibilidade de nossa organização. Definimos nossa missão corporativa da seguinte maneira:
    "Produzir e comercializar produtos e serviços na área veterinária, buscando atender e até mesmo superar as expectativas de nossos clientes"

     

    2 - Quem é a LojaAgropecuaria?
    A Loja Agropecuária foi lançada em 2010 para atender às necessidades de clientes em todo o Brasil que precisam ter acesso rápido e prático para adquirir produtos para o agronegócio.
    Através da Loja Agropecuária, é possível comprar, com todo conforto e segurança que um E-commerce oferece, artigos para fazenda, implementos agrícolas, máquinas e equipamentos para agricultura e pecuária, além de uma vasta gama de produtos para saúde e alimentação animal.

     

    3 - O que é Monovin A?
    Monovin A é um concentrado oleoso da vitamina A sob forma de um éster de retinol. Cada 20 mL contém: 2.000.000 U.I. de Vitamina A

     

    4 - A quem se destina Monovin A?
    O produto Monovin A é indicado para caninos, felinos, suínos, bovinos, eqüinos e ovinos.

     

    5 - Quais os benefícios em utilizar Monovin A?
    Monovin A é indicado para suprir a carência de vitamina A.

     

    6 - Existe alguma outra dúvida ou pergunta sobre o Produto Monovin A?
    Nos envie um e-mail para atendimento@lojaagropecuaria.com.br que lhe respondemos.

    Avaliações sobre o produto
    Monovin A Bravet (Vitamina A) - 20 ml