Vetanarcol - 50 ml

Ref: 1876 Marca: Konig
0 0 Avaliações.

Produto Indisponível

Para uso em

Informações

Bula

Vetanarcol


Indicações:

Vetanarcol é uma anestésico geral, injetável, não barbitúrico, de ação rápida, para uso intramuscular e endovenoso.
Vetanarcol produz um estado de anestesia não convencional, que se denomina dissociativa, já que interrompe de forma seletiva os mecanismos de associação do cérebro (córtex e sistema límbico) e caracteriza-se por catalepsia, sedação e analgesia acentuada. A dissociação se evidencia em 15 segundos e o estado de inconsciência em 30 segundos. Uma analgesia intensa se estabelece rapidamente. Ao contrário de outros anestésicos, os reflexos protetores tais como tussígeno e o de deglutição, permanecem sob a ação do Vetanarcol, mantendo as vias aéreas livres. O grau de tônus muscular depende da dosagem. Em doses baixas, o tônus muscular aumenta junto com um leve aumento da temperatura. Por outro lado, com doses maiores, o tônus muscular diminui junto com a temperatura corporal, a tal ponto, que às vezes é conveniente regular a temperatura com calor suplementar. Os gatos anestesiados apresentam um aumento da freqüência cardíaca, com leve aumento da pressão média sistólica e sem variação da resistência periférica total. Os reflexos corneal e podal mantêm-se durante a anestesia com Vetanarcol e não devem ser levados em conta, para o grau de anestesia. Como o Cloridrato de quetamina é o único anestésico geral com propriedades ligeiramente hipertensivas, é considerado ideal para ser associado a qualquer tipo de medicação pré-anestésica ou anestésica. Ao mesmo tempo em que aquelas drogas reduzem os efeitos indesejáveis da quetamina (manutenção do tônus muscular, tremores), produzem por sua vez perigosas quedas de pressão sangüínea, que são anuladas por este anestésico.
A quetamina é rapidamente distribuída por todo o organismo, logo após a administração parenteral; a maior parte é metabolizada no fígado sendo eliminada por via renal, com metabólitos não conjugados. Sua permanência média no organismo, é de aproximadamente de 2 horas.


Fórmula:

Cada ml contém:
Cloridrato de ketamina
.......... 50,0mg
Veículo q.s.p. .................. 1,0 ml


Dosagem:

Esquema de dosagens em mg/kg pelas vias endovenosa e intramuscular respectivamente:
Cães e gatos: 2 a 5 mg/kg e 5 a 20 mg/kg; 
Eqüinos: 2 mg/kg e 2 a 5 mg/kg; 
Ovinos e Caprinos: 3 a 5 mg/kg e 5 a 15 mg/kg; 
Suínos: 5 mg/kg e 10 a 20 mg /kg; 
Primatas: 1 a 5 mg/kg e 6 a 20 mg/kg; 
Bovinos: 3 a 5 mg/kg e 5 a 15 mg/kg; 
Coelhos: 1 a 5 mg/kg e 20 a 25 mg/kg. 
A via endovenosa produz uma anestesia de duração mais curta (15 a 20 minutos), do que a via intramuscular ( 20 a 40 minutos).
Quando se usa a via endovenosa, aconselha-se carregar a seringa com a dose total, calculada de acordo com o peso corpóreo do animal e o tempo estimado da operação, mais um excedente para dar cobertura a qualquer eventualidade. Após prévia canalização venosa, injetar lentamente (60 segundos) cerca da metade da dose e esperar alguns segundos para verificar o efeito. Se o plano cirúrgico não for alcançado, administrar de 0,1 a 0,5 mL, até obter o efeito desejado. No decorrer da intervenção, repetir este procedimento, à medida que se fizer necessário.
Uma administração rápida pode provocar depressão respiratória e aumento da pressão sanguínea. 
Quando se usa a via intramuscular, deve-se ter preparado um excesso da dose calculado para ser administrado em caso de necessidade


Pré-Medicação:

A pré-medicação potencializa os efeitos de Vetanarcol e elimina as reações secundárias, produzindo nas intervenções longas, um efeito miorrelaxante adequado. Pode ser conduzida uns 15 a 20 minutos antes, ou aplicada simultaneamente com o Vetanarcol. 
Drogas utilizadas para pré-medicação, com doses em mg/kg para cães e gatos, respectivamente:
Diazepam: 0,5 mg/kg e 0,3 mg/kg;
Cloridrato de Promazina: 5,0 a 8,0 mg/kg e 3,0 a 4,0 mg/kg;
Acetilpromazina: 0,5 a 1,0 mg/kg e 0,5 a 1,0 mg/kg;
Propionilpromazina: 0,5 a 1,0 mg/kg e 0,5 a 1,0 mg/kg;
Clorpromazina: 5,0 a 8,0 mg/kg 3,0 a 4,0 kg;
Droperidol: 1,0 mg/lg a 1,0 kg/kg.


Administração:

Vias endovenosa e intramuscular 
A administração de Vetanarcol como medicação única, não requer jejum. Porém, como não se pode descartar a possibilidade de também ter de administrar outros anestésicos ou miorrelaxantes, é preferível que o animal não seja alimentado de 5 a 8 horas antes da anestesia.


Compatibilidades:

Vetanarcol é compatível com vários outros anestésicos gerais ou locais:
Gerais: éter halotano, pentotal, tricloroetileno, metoxifluorano, óxido nitroso, ciclopropano.
Locais: lidocaína, mepivacaína, bupivacaína.
A indução anestésica com Vetanarcol seguida de anestesia inalatória (líquidos voláteis), reduz ao mínimo, a quantidade desta última requerida para obter e manter o plano cirúrgico, eliminando as possibilidades de convulsão.


Precauções:

Deve-se levar em conta, o amplo nível de susceptibilidade individual à anestesia, que varia com a espécie, raça, idade, estado geral, etc. as doses indicadas geralmente cobrem estas variações.
Para reduzir a incidência de reações de restabelecimento, os animais não devem ser excitados por estímulos verbais ou de toque, na hora de despertar; isto porém, não deve excluir o controle dos sinais vitais.
Não se deve misturar Vetanarcol com barbitúricos na mesma seringa, pois são produtos quimicamente incompatíveis.


Contra-indicações:

Eclâmpsia das cadelas, cirurgia intraocular e hipertensão endocraniana.


Efeitos Colaterais:

O aumento da pressão sanguínea e freqüência cardíaca podem ser considerados como reações favoráveis (ex: estados de choque). 
Como reações adversas foram notadas: vocalização, movimentos espásticos e dispnéia.


Conservação:

Conservar em local seco e fresco, a temperatura entre 4 e 30°C e ao abrigo da luz solar direta. 
Manter fora do alcance das crianças e dos animais domésticos.
Venda sob prescrição obrigatória e aplicação sob orientação do Médico Veterinário.


Apresentação:

Frasco-ampola de 10 e 50 ml.


Classe Terapêutica:

ANESTÉSICOS, SEDATIVOS E SIMILARES


Princípio(s) Ativo(s):

CETAMINA (QUETAMINA)


Registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento:

4.044 em 22/07/92.


Responsável Técnico:

MV. André de A. Prazeres Gonçalves - CRMV: 10.821


Serviço de Atendimento ao Consumidor:

0800 015 6644

Formula

Cada ml contém:

  • Cloridrato de ketamina .......... 50,0mg
  • Veículo q.s.p. .................. 1,0 ml

     

Sobre

Tenha o melhor e mais indicado anestésico do mercado: Vetanarcol! Vetanarcol é um anestésico geral, injetável, não barbitúrico, de ação rápida, para uso intramuscular e endovenoso. Vetanarcol produz um estado de anestesia não convencional, que se denomina dissociativa, já que interrompe de forma seletiva os mecanismos de associação do cérebro (córtex e sistema límbico) e caracteriza-se por catalepsia, sedação e analgesia acentuada. Não perca tempo! Adquira agora mesmo o Vetanarcol e comprove a eficácia do produto! 

Indicações

Vetanarcol é uma anestésico geral, injetável, não barbitúrico, de ação rápida, para uso intramuscular e endovenoso.
Vetanarcol produz um estado de anestesia não convencional, que se denomina dissociativa, já que interrompe de forma seletiva os mecanismos de associação do cérebro (córtex e sistema límbico) e caracteriza-se por catalepsia, sedação e analgesia acentuada.
Apresentação: Frasco-ampola de 10 e 50 ml.

Cancelar