Antitóxicos

Intoxicação em cães

Animais de estimação podem se intoxicar por diferentes substâncias perigosas que temos em nossa casa, especialmente as que usamos no jardim e se costumamos utilizar produtos químicos. Os animais tendem a ser bagunceiros e, muitas vezes, podem mexer em coisas que não deveriam e inclusive ingerir líquidos, por exemplo. Para quem não para em casa durante o dia e tem de deixar o pet sozinho, é desafiador manter os produtos químicos que costumam gerar intoxicação em cães longe deles.

Alimentos nocivos e mesmo produtos de limpeza podem ser alvo do cão e provocar sérios problemas de saúde. A intoxicação em cães também pode ser gerada por plantas venenosas com as quais o animal teve qualquer tipo de contato.

 

Sintomas de Intoxicação em cães:

Os sintomas dependem muito do que foi ingerido, mas a maioria dos quadros de intoxicação apresenta sinais agudos dentro de pouco tempo. Os mais comuns envolvem vômito, apatia, diarreia, dor abdominal e, às vezes, convulsões. Os sinais podem se acentuar, manifestando apatia intensa e perda de apetite.

 

Consultar sempre um Médico Veterinário:

Caso o animal apresente algum destes problemas, deve ser levado ao veterinário. Mas, se o dono tem a informação de que o animal consumiu algum destes alimentos/produtos tóxicos, que podem inclusive levar o pet a óbito em poucas horas, deve procurar o profissional imediatamente para os primeiros cuidados mesmo antes da manifestação dos sintomas.

 

O tratamento de Intoxicação em cães inclui medidas sintomáticas e, no caso de vômitos, cólicas e diarreia, alguns animais precisam de soro e muitas vezes de internação. Tratamentos específicos, lavagem gástrica, medicamentos injetáveis e indução ao vômito também são utilizados. Depois de controlados os sinais mais graves, muitos animais ainda vão para casa recebendo medicamentos via oral por alguns dias.

 

Prevenção:

Algumas medidas preventivas podem evitar alguns acidentes graves com o pet, como trancar o banheiro, a cozinha e a área de serviço. Além disso, saber quais plantas são tóxicas e impedir a exposição dos animais a produtos químicos.

Muitos tutores alimentam seus cães com qualquer tipo de alimento, mas isso é muito grave, já que podem conter ingredientes que podem contaminar o animal. Tomar cuidado com medicamentos, abelhas, marimbondos, bebidas alcóolicas e cosméticos também evitam em grande parte uma intoxicação em cães.