Analgésicos

Dipirona para cachorro

Comumente conhecida pelo nome comercial a dipirona é utilizada para o alívio da dor e pela sua leve ação anti-inflamatória. Ela é um dos medicamentos mais populares entre os humanos e pode ser também administrado aos cachorros, sendo que na dose adequada.

A Dipirona para cachorro é indicada em casos de dor leve e moderada, especialmente quando está associada aos tecidos moles, espasmos da musculatura lisa (dos órgãos internos, como estômago e bexiga) ou cólicas do trato urinário. Em casos mais graves, a dipirona pode ser administrada juntamente com analgésicos opioides, sempre com a supervisão de um veterinário.

 

A dose correta:

O único cuidado a ser tomado é não extrapolar a dose receitada. No médio prazo, o cachorro pode sofrer com anemia hemolítica (destruição das hemácias), desenvolver uma intoxicação; os sinais são salivação excessiva, vômitos e estado febril.

A presença de sangue no vômito, as diarreias frequentes e alterações neurológicas (como convulsões) indicam que a dosagem de Dipirona para cachorro foi excessiva. Trata-se de uma emergência veterinária.

Este é mais um motivo para evitar a automedicação. Apenas profissionais de saúde estão habilitados a verificar as condições orgânicas e receitar a medicação correta e a posologia adequada.

 

Sempre consultar um médico veterinário:

A saúde do seu animal deve estar em primeiro lugar, por esse motivo, não podemos esquecer da importância de consultar sempre um médico veterinário. Esses profissionais são capacitados para identificar doenças e prescrever o melhor tratamento visando o bem-estar e a saúde do animal. Aplicar Dipirona para cachorro ou qualquer outro medicamento veterinário sem consultar um médico, pode acarretar grande risco para a saúde dos animais. Por isso, sempre utilize medicamentos indicados pelo médico veterinário e siga corretamente o manuseio.