Sarnicidas

Sarna canina

Sarna é o nome dado à doença de pele causada por ácaros que pode atingir a pele de cães e gatos e até mesmo os humanos. Os ácaros são muito pequenos e não é nada fácil visualizá-los a olho nu.

Se engana quem imagina que a sarna canina afeta apenas os animais sem donos que vivem nas ruas. A escabiose, ou sarna como é chamada popularmente, é uma doença causada por um parasita, um tipo de ácaro. Como os ácaros são invisíveis e estão em todos os lugares, é preciso tomar cuidados e estar sempre atento, para que o seu cãozinho não sofra com a doença.

 

Existe mais de um tipo de sarna, que são causadas por tipos diferentes de ácaros. As mais comuns são:

- Sarna demodécica: Esse tipo passa da mãe para o filhote. O ácaro fica na pele do cão e toda vez que a imunidade do animal ficar baixa a sarna vai voltar. Os sintomas são um pouco diferentes, a queda de pelo acontece principalmente na região dos olhos e pode causar infecções bacterianas.

- Sarna sacaróptica: Os principais sintomas são a coceira intensa, a vermelhidão da pele, queda de pelo por todo o corpo do animal, e a formação de feridas. O incômodo é tão grande que o seu cão pode até ficar sem comer. Esse tipo de sarna é uma zoonose, ou seja, ela é transmitida para os humanos. Por isso é importante fazer o diagnóstico precoce, para poder examinar também as pessoas que convivem com o cão.

 

Como prevenir a sarna canina:

- Para prevenir a sarna canina, o animal deve ter uma rotina de higiene cuidada. O dono deve ter o cuidado de dar banhos periódicos no animal.

- Os seus utensílios como a cama, coleirasroupinhas e cobertores, potes de comida e brinquedos também devem ser lavados com frequência.

- Outra forma de prevenir a sarna canina é garantir que o cachorro tenha uma dieta saudável.

- O contato com animais de rua, especialmente os que apresentem sintomas tópicos, deve ser evitado.

- Os parasitas e vermes devem ser controlados regularmente com o uso de Vermífugos.

- As vacinas do pet também devem estar sempre atualizadas.

- A nossa saúde também deve ser protegida, sempre lavando as mãos depois de tocar no cão.

 

Tratamento da sarna canina:

O tratamento é feito com shampoos, sprays acaricidas, produtos tópicos e medicamentos via oral. Por isso é importante levá-lo ao médico veterinário, para consultar e acompanhar direitinho o tratamento, porque se não for tratada corretamente, ela volta. As roupinhas e caminhas do pet com sarna devem ser higienizadas para evitar a reinfestação. Então fica a dica: percebeu que o seu cãozinho se coça demais, está perdendo muito pelo, leve-o o quanto antes ao médico veterinário!