Anestésicos e Sedativos

Sedativo para cachorro

A palavra “anestesia” pode assustar qualquer um, pois é um procedimento delicado feito em pessoas ou animais para causar a ausência ou alívio de dor e outras sensações. Ela deve ser realizada para poder passar por uma cirurgia ou exame. Existem dois tipos de sedativo para cachorro, inalatória e injetável. Cada uma tem suas vantagens.

O sedativo para cachorro é necessário em diversas situações, como uma cirurgia programada de castração, limpeza de tártaro, ortopédica ou uma emergência. É muito importante fornecer ao veterinário todas as informações e possíveis problemas de saúde recentes e antigos de seu Pet, com este histórico, o veterinário poderá conhecer um pouco mais a fundo sobre a condição física dele. Antes de um procedimento cirúrgico que envolve anestesia, é fundamental saber sobre a condição cardíaca e função pulmonar do cão.

 

Tipos de sedativos para cachorro:

A anestesia para cachorros pode ser geral ou local, inalatória ou injetável.

 

Qual o sedativo para cachorro mais indicado:

O Médico Veterinário deve avaliar uma amostra de sangue para verificar se o cachorro tem anemia e um exame químico para checar a função renal e hepática antes de decidir qual tipo de sedativo é o mais indicado para o cachorro, se é a inalatória ou injetável.

É fundamental também informar ao veterinário sobre o temperamento do cachorro, se ele é dócil, bravo ou calmo, assim é possível ter um perfil do estado clínico do cachorro, com mais informações também como gravidez, obesidade, função cardíaca, idade ou com alguma doença.

 

Preparação antes de aplicar um sedativo para cachorro:

A preparação para a anestesia deve ser levada muito a sério, seguindo as orientações:

 

Jejum: respeitar o jejum de 12 horas antes da anestesia é muito importante para reduzir os riscos. Se o seu cão não o fizer, pode vomitar e, possivelmente, comida ou o líquido ser aspirado pelos pulmões, mesmo com a intubação. Isso pode resultar em uma condição chamada de pneumonia inalatória e pode ser fatal;

 

Informações: antes da anestesia, confirme com o Médico Veterinário todo o histórico de saúde de seu cachorro, dados como vacinação, estilo de vida, qualquer medicação que esteja tomando.

 

Exames: é essencial realizar todos os exames necessários antes da cirurgia, que são exames químicos para avaliar as condições do rim, fígado e pâncreas, um hemograma completo e a dosagem de eletrólitos para garantir que o seu cachorro não está desidratado ou se sofre de um desequilíbrio eletrolítico.

Seguindo todos os cuidados e estando em alerta com seu animal, não há motivos para se preocupar com o sedativo para cachorro.