Filtrar por:

Albendazol

Vermífugo para cavalos

Os vermífugos para cavalos são remédios que combatem os vermes no animal, fazendo com que ele se desenvolva melhor e aproveite a alimentação. Além disso, o manejo sanitário do cavalo é essencial, para junto com o vermífugo potencializar o combate a tais doenças.

A boa saúde dos equinos depende de sua alimentação, vermifugação e vacinação corretas. Ao notar sintomas de dor ou desconforto do cavalo, a melhor opção é pedir para que um veterinário verifique se ele está com vermes. Esses parasitas internos podem causar cólicas, diarreias, perda de peso, úlceras, lesões bucais ou acúmulo de gordura na região abdominal.

 

Frequência da vermifugação:

O vermífugo para cavalos pode ser administrado após 1 (um) mês de vida, e deve ser repetida a cada dois ou três meses.

Para animais adultos, recomenda-se a repetição das doses entre três e quatro meses.

A realização de um exame parasitológico de fezes indicará se a base utilizada está sendo eficiente e qual o nível de infestação que indicará a necessidade de alterar esse calendário profilático.

A vermifugação deve ser realizada sempre por um médico-veterinário, profissional capacitado para selecionar a base adequada do vermífugo para cavalos e ministrá-lo de forma segura.

 

Curiosidades antes de utilizar vermífugo para cavalos:

– Animais que recebem uma boa alimentação e suplementação de minerais são mais resistentes à infecção parasitária do que os animais debilitados.

– Animais jovens são mais sensíveis à verminose do que os animais adultos.

– Algumas raças como por exemplo, PSI, Quarto de Milha, Árabe, são mais sensíveis à verminose do que outras como Campolina, Manga-larga Marchador e Crioula.

– Quanto maior a população de cavalos em um mesmo piquete/pasto, maior a contaminação por ovos e larvas de vermes nos mesmos.

– Devido à presença do hormônio progesterona que mantém a gestação e ocasiona uma diminuição nas defesas da égua, estas tornam-se mais sensíveis à verminose do que as éguas vazias.

 

Importante:

Não exercite o animal antes da aplicação do vermífugo para cavalos;

Não reutilize a embalagem do vermífugo para cavalos vazia;

Não fume ou alimente-se durante o manuseio do produto;

Utilize o vermífugo para cavalos com cautela quando os animais estiverem em tratamento com agentes que deprimem o sistema nervoso central.

 

A higiene é fundamental, por isso sempre lave as mãos antes e depois de manusear qualquer medicamento veterinário. Nunca esqueça que é muito importante que você consulte sempre um médico veterinário para garantir a sanidade do seu animal.